» Wall-E


Gênero: Animação
Diretor(es): Andrew Stanton .
Roteiristas: Andrew Stanton, Jim Capobianco, Jim Reardon.
Ano de Lançamento: 2008.
Elenco: Ben Burtt, Elissa Knight, Jeff Garlin, Fred Willard, John Ratzenberger, Kathy Najimy, Sigourney Weaver.
Duração: 97 minutos.
Trailer: Clique Aqui!

 

O estardalhaço foi grande por esse filme. Primeiro nas prévias e trailers do filme, cada vez mais ia deixando um gostinho de quero mais e ansiedade entre os cinéfilos aumentando. A verdade é que sempre que isso acontece nem sempre o filme supera as expectativas dos que vão ver e às vezes a decepção é bem grande. No entanto com Wall-E tudo isso aconteceu e o que deveria ser natural não foi. O sucesso tomou conta deste filme, o comentário foi geral a respeito do sucesso que o filme causou a todos. Depois de tudo isso fui bem esperançoso e assim como todos não me decepcionei. Ainda resolvi assisti duas vezes tamanho foi o meu agrado pelo filme.

Wall-E é um robozinho que só tem como amigo uma baratinha, ele tem como missão limpar todo o lixo da terra acumulado pela irresponsabilidade humana, enquanto os humanos estão no espaço “aguardando” a limpeza do Planeta Terra. Nesse meio tempo, já próximo a 2700 chega uma nova robô que vai procurar alguma forma de vida vegetal na Terra, e Wall-E se apaixona por ela. Daí segue toda uma história que sabe emocionar e envolver o espectador de uma forma inteligente e firme.

[SPOILERS]Alguns momentos me fizeram lembrar outros filmes e animações, seja naquele em que ele abre e aparece objetos do cotidiano dos humanos, lembrando Ariel de A Pequena Sereia. Outro momento é quando Eva pega Wall-E nas mãos e o leva pra dentro da nave que me lembrou a clássica cena de Superman. A terceira e última é a cena em que todos começam a cair quando a nave fica inclinada, parecendo a cena do Titanic em que todos começam a cair com o afundamento do navio. Pode ser que nada tenha ver e sejam apenas coincidências, mas que vi, eu vi.[/SPOILERS] Talvez não haja muito que falar a respeito desse filme, a Pixar, pra mim, vem se mostrando cada vez melhor no quesito animação e também, é claro, no quesito roteiro. Porque não basta somente fazer a animação, mas o roteiro é a base de qualquer longa e o que dá muita consistência ao filme.

Andrew Stanton já havia mostrado um bom desempenho quando dirigiu o filme Vida de Inseto que é um filme que não só quer divertir mas também mostrar outros valores e com Wall-E percebe-se sua grande desenvoltura e envolvimento com filmes do gênero. O fato é que adorei o filme do princípio ao fim e sem tirar nem pôr. O roteiro é sensacional, a trilha sonora é excelente e tudo o mais faz com que o filme fique marcado. Talvez vá demorar um pouco até vir outra animação que possa ser tão grande quanto essa. Com certeza, um dos melhores filmes do ano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: