» Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto


Título Original: Before the Devil Knows You’re Dead
Gênero: Suspense
Diretor(es): Sidney Lumet
Roteiristas: Kelly Masterson.
Ano de Lançamento: 2007.
Elenco: Philip Seymour Hoffman, Ethan Hawke, Albert Finney, Marisa Tomei, Rosemary Harris, Aleksa Palladino.
Duração: 117 minutos.
Trailer: Clique Aqui!

Eu tenho o costume, e acho que alguns de vocês também, de ler sobre os filmes em outros blogs e quando é unânime em alguns aspectos a curiosidade bate logo e lá vou eu priorizar tal filme em detrimento de outros. Com o filme em questão não é diferente, a crítica blogueira elogio-o de forma quase universal sobre o filme, e aparecendo uma oportunidade no cine arte do Moviecom eu fui conferir e talvez por botar tanta expectativa não consegui me contentar.

A história é super interessante e foi decisiva em me fazer querer vê-lo também. Andrew “Andy” Hanson (Philip Seymour HoffmanA Família Savage) é um executivo que está com a vida profissional por um fio e ainda é viciado em drogas. Seu irmão, Hank (Ethan HawkeNação Fast Food), também está com graves problemas financeiros, pois deve três meses de pensão a sua ex-mulher. Diante disso, Andy resolve pôr em prática um assalto à joalheria dos seus pais junto com Hank e assim sanar suas dívidas, porém, por acidente, a mãe deles é morta no assalto e o pai resolve caçar os bandidos que a mataram.

Como podem perceber é uma história que tem toda uma carga pra ser emocionante, devido a sua intrigante corrida pela vingança. Fui com a expectativa de ser um filme de ação e de envolvimento emocional, porém encontrei um filme que primou mais em alguns aspectos e deixou outros sem tanta funcionalidade. Calma, o filme não tão ruim assim. Ponto para a montagem do filme que é excelente, o fato de mostrar a história sob o ponto de vista de cada personagem é interessante e ajuda a montar o quebra-cabeça.

Ponto para o elenco que não deixa a desejar em momento algum. Ponto para o próprio Philip S. Hoffman que está cada vez mais mostrando todo o seu potencial e talento e fazendo que os filmes em que está sejam obrigatórios pra que um cinéfilo que se preze assista. Porém o filme não é o que eu esperava pelo simples fato de não atingir aos requisitos que uma história como essa requer e existem vários filmes onde a ação é priorizada e nem por isso ele deixa de ter qualidade técnica. Talvez eu esteja sendo injusto e ele merece um pouco mais, ou quem sabe ser revisto, por isso decidi mudar de duas estrelas para três. Mas talvez a revista seja necessária.

Anúncios

14 Respostas

  1. Comigo aconteceu o contrário: o filme cumpriu as expectativas por completo. Roteiro instigante, direção eficiente. Só concordamos em relação ao elenco, que está maravilhoso!!

  2. Kamila,

    É verdade, acredito que não foi só com você não, mas com a maioria e fiquei triste ao ver que não concordei, mas fazer o que né? Achei o filme tão sacal!

    Abraços!

  3. Ôpa, com licença… Tô entrando…

    Adorei o novo espaço, Robson! Já pensei em mudar para cá também, mas fiquei com preguiça. rs.
    Muito sucesso por aqui também!

    Beijocas

    Ps.: Já está na minha lista de rss.

  4. Cecília,

    Obrigado pelo elogio. Venha pra cá, nem é tão difícil e também os layouts são bem melhores, esse foi um dos motivos de vim para cá!

    Bjos!

  5. Filmaço! Lumet velhinho mas em plena forma! Baita clímax!!!

    Abraço!

  6. Achei esse um dos melhores filmes do ano e sem dúvida foi um tanto subestimado pelas premiações – merecia, no mínimo, umas três indicações ao Oscar. Mas é um tipo de cinema muito pessoal, não deve agradar a todos mesmo.

  7. Pretendo ver este ainda neste mês, com a chegada em DVD. Acho o diretor brilhante e o elenco, idem. Espero mais do que o que você apontou. Veremos…

    Ciao!

    ps: parabéns pela nova casa 😉

  8. Pedro,

    Não sei o porquê mas esse filme não me encantou.

    Vinícius,

    pra mim, de longe, ele não é dos melhores, faltou um pouco mal de sal e pimenta.

    Wally,

    Não leve muito em consideração o meu gosto sobre esse filme, mas também levando em conta que temos gostos parecidos, espero ansioso por suas impressões.

    Abraços!

  9. Acho que tu dormiu, hein???

    Abraço!!!

  10. Pedro,

    Só se for mesmo!! Deve ser a única explicação… hehehe

    abraços!

  11. Casa nova, hein! Quanta gente acaba abandonando o Blogger, eles têm de fazer algo a respeito.

    Quanto à obra em comento, é das que mais desejo assistir (não tendo chegado no cine da cidade) em DVD. O filme no geral claramente não tem empolgou muito, tomara que o mestre Lumet não tenha pisado na bola.

    Cumps.

  12. Gustavo,

    Pois bem, entre e sinta-se a vontade! Não leve muito em consideração minhas impressões sobre esse filme porque ela foi completamente atípica frente as dos outros. Enfim, só vendo mesmo!

    Abraços!

  13. FILMAÇO!!! Só o Lumet realiza filme dessa maneira visceral. O gozado é que ele entrou em cartaz aqui no RJ aos 48 do segundo tempo e foi uma febre nas salas independentes. Hoffman/Hawke/Tomei espetaculares!

    Mídia? Cultura? Acesse:
    http://robertoqueiroz.wordpress.com

  14. Com o experiente diretor Sidney Lumet (“Uma Estranha Entre Nós”) de 84 anos no comando, “Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto” prima pela boa narrativa e pelas ótimas atuações. Ethan Hawke (“Assalto à 13ª DP”) como Hank e Albert Finney (“O Ultimato Bourne”) como Charles estão muito bem. Mas quem rouba a cena mais uma vez com uma interpretação fenomenal é Philip Seymour Hoffman (“Capote”) na pele do antagonista Andy. O roteiro, escrito por Kelly Masterson, é criativo e dinâmico, porém cansa pela insistência de cenas bastante semelhantes. As locações, por sua vez, são simples e satisfatórias. O filme foi todo rodado em terras estadunidenses. A fotografia de Ron Fortunato (“Em Nome da Honra”) é outro ponto positivo na produção. Já a trilha sonora é repetitiva e deixa a desejar. A produção foi composta pelos poucos conhecidos Michael Cerenzie (“Ruas Selvagens”), William S. Gilmore (“O Jogador”), Brian Linse e Paul Parmar. “Antes que o Diabo Saiba que Você Está Morto” foi indicado a 2 prêmios Independent Spirit Awards (Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro de Estréia) e foi exibido na mostra Panorama do Cinema Mundial, no Festival do Rio 2007. Um longa que distrai a platéia durante seus quase 120 minutos de duração, mas que não sai da mediania. Simplesmente um bom filme.

    NOTA (0 a 5): 3,5
    ***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: