» A Vila


Gênero: Suspense
Diretor(es): M. Night Shyamalan
Roteiristas: M. Night Shyamalan
Ano de Lançamento: 2004
Elenco: Bryce Dallas Howard, Joaquin Phoenix, Adrien Brody, William Hurt, Sigourney Weaver, Brendan Gleeson, Cherry Jones, Celia Weston.
Duração: 108 minutos.

Em 1897 uma vila parece ser o local ideal para viver: tranquila, isolada e com os moradores vivendo em harmonia. Porém este local perfeito passa por mudanças quando os habitantes descobrem que o bosque que o cerca esconde uma raça de misteriosas e perigosas criaturas, por eles chamados de “Aquelas-de-Quem-Não-Falamos”. O medo de ser a próxima vítima destas criaturas faz com que nenhum habitante da vila se arrisque a entrar no bosque. Ivy Walker (Bryce Dallas Howard), Lucius Hunt (Joaquin Phoenix – Gladiador) e Noah Percy (Adrien Brody – O Pianista) moram nesta vila.

Lucius sempre desejou ir além dessa mata, povoada por essas criaturas, mas os líderes que comandavam essa aldeia nunca o deixaram passar. É mais ou menos isso que posso dizer da história do filme. Tenho que ressaltar o início do filme que é bem intrigante, onde mediante aos fatos ocorridos no filme ficamos totalmente curiosos em saber porque tal reação das pessoas da vila.

A trilha sonora é muito boa, nos transmite uma apreensão imensa nas horas devidas, também contando com a colaboração dos atores em especial Bryce Dallas Howard que passou medo e coragem ao mesmo tempo e também todo elenco foi ótimo e acho que até bem escolhido, acho o ator Adrien Brody ótimo. O roteiro é esplendido, não conta com muitos artifícios para se tornar bem desenrolado. Já a história eu achei meio fraca, me lembrou até a história de “Pânico na Floresta” que é muito ruim por sinal, apesar de tudo não achei que seja previsível com o passar do filme e só deve ter noção do final quando de fato o revelam, apesar deste final o final é bom.

Agora, não gostei muito de umas cenas que o diretor M. Night Shyamalan (Sinais) colocou achando que pudesse haver alguma graça, eu ao menos não ri, ao contrário da galera que estava no cinema que se esbaldaram de ri, acho que só pra zoar mesmo. No mais, o filme é bem legalzinho mesmo, mas apear de tudo acho que terá o mesmo futuro de “Eu, Robô”, ficará como um filme qualquer de suspense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: