» Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua


Gênero: Musical, Suspense.
Diretor(es): Tim Burton.
Roteiristas:John Logan, baseado em musical de Stephen Sondheim e Hugh Wheeler.
Ano de Lançamento: 2007
Elenco: Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Alan Rickman, Timothy Spall, Sacha Baron Cohen, Jamie Campbell Bower, Laura Michelle Kelly, Jayne Wisener, Ed Sanders , Gracie May, Ava May, Gabriella Freeman.
Duração:116 minutos.

Benjamin Barker (Johnny Depp – Piratas do Caribe – No fim do Mundo) é um barbeiro feliz, casado com uma linda mulher e tem uma filha recém-nascida e, portanto vai tudo bem. No entanto, um novo juiz chamado Turpin (Alan Rickman – Harry Potter e a Ordem da Fênix) deseja sua família e prende-o sob qualquer acusação. Barker volta a cidade depois de quinze anos com sede de vingança e encontra na Sra. Lovett (Helena Bonham Carter – Harry Potter e a Ordem da Fênix) uma companheira fiel ao derramamento de sangue na sua nova barbearia, desejando um dia poder pegar o juiz.

Sei que musicais da Broadway fazem muito sucesso e por isso também fez sucesso este filme. Porém, se eu soubesse que era um musical teria passado longe. Confesso que não sou muito chegado em musicais, acho que ainda vai ter que ter um muito bom pra me provar o contrário. Acho sem graça o fato de a pessoa cantar com as mínimas coisas, como Sweeney Todd canta quando encontra suas Lâminas de barbear, ele canta pra elas! Enfim. Mas vamos ao que interessa.

Fui assistir a esse filme porque gosto dos filmes de Depp, não sei o porquê, mas eles me atraem. E quanto a ele não me arrependeria, ele está fantástico. De fato, ele encarnou o personagem e isso dá uma realidade a mais às cenas, ao filme como um todo. Depp me lembrou bastante um de seus primeiros filmes: Edward mãos-de-tesoura, levando em consideração que sua atuação ficou cada vez melhor, é claro. Este filme inclusive, também é de Tim Burton, havendo uma parceria dos dois em seis filmes.

Johnny mereceu a indicação ao Oscar, só não garanto se merecia o prêmio, pois não sei como se saiu Daniel Day-Lewis em Sangue Negro. Vale salientar também a atuação de Alan rickman que foi excelente, assim como vem se mostrando nos filmes-seriado Harry Potter.

Muito bom o geral, a produção, a fotografia quando trabalha no quesito de cores. A idéia de um mundo mais macabro, um mundo de vingança e portanto um mundo mais escuro se faz necessária pra criar o clima do filme e o mesmo acontece quando há cenas do passado que mostram a calmaria e felicidade das personagens identificando-se cores mais claras e alegres.

Acho que a produção em si foi boa e darei uma nota melhor. Ficará com um bom, já que não sou dos mais fãs desses musicais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: