» O Curioso Caso de Benjamin Button

(Nota: 9,0)
Título Original: The Curious Case of Benjamin Button
Gênero: Drama
Diretor(es): David Fincher
Roteiristas: Eric Roth e Robin Swicord, baseado em estória de F. Scott Fitzgerald
Ano de Lançamento: 2008.
Elenco: Brad Pitt, Cate Blanchett, Julia Ormond, Faune A. Chambers, Elias Koteas.
Duração: 166 minutos.
Trailer: Clique Aqui!

Pra mim originalidade em um filme é um forte ponto para que eu queira vê-lo. E ainda mais um forte ponto para que eu goste dele e geralmente nesses casos vou com boas expectativas e quase sempre saio agradado pelo trabalho que vi. Com O Curioso Caso de Benjamin Button não foi diferente. Fui com boas expectativas, já que achei a sinopse interessante, todos me falaram ser um bom filme e ainda os prêmios corroboravam com o que eu achava que fosse. E a originalidade e os fatores-surpresa estão presentes em vários momentos do longa, fazendo o tempo passar mais rápido do que o normal.

Nova Orleans, 1918. Benjamin Button (Brad Pitt – Queime Depois de Ler) nasceu de forma incomum, com a aparência e doenças de uma pessoa em torno dos oitenta anos mesmo sendo um bebê. Ao invés de envelhecer com o passar do tempo, Button rejuvenesce. Quando ainda criança ele conhece Daisy (Cate Blanchett – Elizabeth: A Era de Ouro), da mesma idade que ele, por quem se apaixona. É preciso esperar que Daisy cresça, tornando-se uma mulher, e que Benjamin rejuvenesça para que, quando tiverem idades parecidas, possam enfim se envolver. [Fonte: Adoro Cinema]

Nada mais justo que O Curioso Caso de Benjamin Button tenha sido indicado ao Oscar de Melhor Filme. Além de sua história fugir um tanto do lugar-comum ela também nos entrega bons momentos e faz o tempo passar extremamente rápido fator que corrobora a ‘querida’ lei da relatividade. Também não é a toa que foi indicado a 13 categorias do mesmo prêmios, mas o que será que faltou ao filme baseado no livro de F. Scott Fitzgerald? Talvez seja uma questão interessante e não tão fácil de responder. Mas eu creio que o problema maior não está neste filme e sim no que abocanhou as demais estatuetas, portanto esse ainda é uma boa pedida.

A atuação de maior destaque para mim foi a de Taraji P. Henson (A Última Cartada) que nos mostrou uma mãe dedica e preocupada na realidade, diferente dos demais, de seu filho. A atuação de Pitt não me surpreendeu em nada, não creio que ele seja um ator ruim, muito pelo contrário, gosto de suas atuações, mas achei um tanto exagerada a sua indicação ainda mais levando em consideração os concorrentes de peso que ele enfrentou. Mas a maquiagem é o maior forte do filme, ela nos impressiona do início ao fim, pois mostra o quão fundamental é para o processo de rejuvenescimento do velho Benjamin.

Nota: Desculpem não me prolongar muito sobre o filme, muitas idéias vieram à cabeça, mas simplesmente depois de um textos escrito, eu o perdi. Não tive a mesma inspiração. =)

Anúncios

14 Respostas

  1. Eu gosto de “Benjamin Button” e antes até torcia o nariz pra ele. Mas acho que o coitado foi a maior decepção do Oscar 😛 Acho o filme muito bem produzido, mas não me emociono nem me empolgo muito com ele. Os destaques, pra mim, são a fotografia, a trilha sonora, a maquiagem e a direção de arte.

  2. Meu segundo longa favorito do ano, ficando atrás apenas justamente de Slumdog Millionaire.

    Abraços!

  3. “Benjamin Button” é um excelente filme, pena que não corresponda às expectativas que tinha para ele – para se ter uma idéia, prefiro outros três filmes do diretor. Sem dúvida o maior destaque é sua parte técnica, sem falar na ótima atuação do Brad Pitt – para mim o melhor do elenco.

  4. Matheus,

    Eu gostei dele e acho que correspondeu minhas expectativas, mas foi decepção mesmo para o Oscar… Só não vejo muito “auê” na atuação de Pitt.

    Sérgio,

    Acho que também é o meu segundo favorito, ele agrada bastante, mas o melhor, ainda é Slumdog.

    Vinicius,

    Engraçado, fui sem muitias expectativas para não me decepcionar e deu certo. Mas não acho que Brad Pitt tenha ido tão bem assim, acho que fez um bom trabalho, mas só.

    Abraços!

  5. Ahn, é um filme muito bom mesmo… Acho que você chegou a ler o que eu escrevi n”O Cara da Locadora, não? Mas nossas notas foram iguais… Abraços…

    PS: Mas sou daqueles que gosta muito do Brad Pitt, rs…

  6. Que bom que gostou. Minha nota é 9,5 e, juntamente com Dúvida, é o melhor da temporada. Discordo de você sobre Taraji: acho-a somente correta e nem entrou no meu top 10 de coadjuvantes.

    Abs!

  7. O Cara,

    Li sim, mas to meio sem tempo de comentar… que vergooonha ¬¬’… pra mim Pitt não tem nada demais… hehehe

    Kau,

    Achei Taraji espontânea e interessante no papel, mas só mereceu a indicação, nada mais…

    Abraços!

  8. No conjunto da obra são 3 horas sem arrependimentos, mas não sou tão fã da performance da Taraji quanto vc.

    abraços

  9. “O Curioso Caso de Benjamin Button” foi um filme que me impressionou mais pela técnica e pela bela mensagem do que pelas atuações do elenco. Não consegui gostar nem do Brad Pitt, nem da Cate Blanchett, nem de sua favorita Taraji P. Henson.

    Bom final de semana!

  10. Que bom que gostou! Eu me apaixonei com este filme. Vi até duas vezes. Achei belíssimo.

    5 estrelas, nota 9.5

    Ciao!

  11. Brenno,

    Só foi eu mesmo.

    Kamila,

    Pois é, ele impressiona e as atuações não das melhores mas são boas, mas dentre elas ainda fico com Taraji.

    Wally,

    É ótimo mesmo, só não dou mais do que Slumdog!

    Abraços!

  12. Não gostei nada deste filme, acho que as alegorias visuais esconderam muito do ue Eric Roth tentou propor, e não conseguiu. Outro ponto negativo é a direção de Fincher, tímida diante de tantos efeitos especiais. Aliás, cheguei a ficar entediado e com sono por várias vezes, realmente não entrei no clima.
    Acho que a Henson, o Brad e a Swinton são os destaques do filme, mas se tivesse que escolher apenas um escolheria a Tilda como melhor atuação do longa. Achei, até, um exagero indicarem a Henson ao Oscar este ano.
    Nota; 7,5

  13. tecnicamente excelente, perfeito, mas é um pouco cansativo e em alguns momentos poderia ter mais enxuto. gosto mto da blanchett.

  14. […] TABLITO Ramon Scheidemantel CINEMA EM CASA Ricardo Nespoli O CARA DA LOCADORA Robson Saldanha PORTAL CINE Tommy Beresford CINEMA É MAGIA Vinícius Pereira BLOG DO VINÍCIUS Vinicius Silva SOB A MINHA […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: