» Watchmen – O Filme

(Nota: 9,0)
Título Original: Watchmen
Gênero: Ficção Científica
Diretor(es): Zack Snyder
Roteiristas: Alex Tse e David Hayter, baseado em graphic novel de Alan Moore e Dave Gibbons.
Ano de Lançamento: 2009.
Elenco: Malin Akerman, Billy Crudup, Matthew Goode, Jackie Earle Haley, Jeffrey Dean Morgan, Patrick Wilson.
Duração: 163 minutos.
Trailer: Clique Aqui!

Como já disse quando escrevi sobre Stardust tudo que faz fugir a vida real, e que mostra um pouco mais do que o normal me atrai. A maioria dos filmes de super-herói me atrai, eles tem algo a mais, algo que nos deixa, digamos, um pouco melhores. O sentido de sempre combater o crime e de mostrar que faz bem a sociedade e que a protege dá uma sensação de proteção. Porém, não é isso, necessariamente, que encontramos no filme em questão. Em Watchmen vem a questão de que os super-heróis não podem ser mais os mesmo, e que a sociedade já se acha suficientemente protegida para ter ainda na figura de um super-herói, banindo-os, portanto.

Em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick WilsonAo Entardecer) e Espectral (Malin Akerman -Vestida para Casar). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean MorganMarido por Acaso) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup – Missão Impossível 3), passaram a trabalhar para o governo. Dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew GoodeO Segredo de Beethoven) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985 o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética. Neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley – Pecados Íntimos), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados. (Fonte: AdoroCinema)

Não sou profundo conhecedor dos quadrinhos do filme e, portanto, achei que esse é um filme complexo. Ele não é pra qualquer um que goste de super-heróis nem tampouco para você sair com a sensação que citei anteriormente. Ele mostra a decadência de quem um dia foi super-herói e no que tudo isso pode culminar. Seja no desaparecimento de um, morte de outro ou loucura. O fato é que Watchmen mostrou-se para mim bem mais interessante do que aparentemente parecia. É daqueles filmes em que a filosofia está presente e que o contexto social conta muito para poder compreender o que super-herói tem a dizer e a pensar a respeito do que acontece em suas vidas.

Falo decadência porque é visto a morte de um deles, a velhice de outros. Muitos julgam ser um filme sem atrativos, mas pra quem realmente gosta, ver o outro lado da vida é realmente interessantes. Esse é daqueles vai dividir opiniões sempre que revisto, mas que deixa uma mensagem a mais para os filmes que surgem dos quadrinhos. A preocupação em dar a cada detalhe um toque especial, faz do filme algo que marcará a história cinematográfica dos super-heróis, mesmo que seja por uma música esdrúxula ou por uma ação impensada. É um bom filme e que, talvez, seja preciso rever mais de uma vez para compreender.

16 Respostas

  1. Eu acho que o grande destaque do filme é o Rorschach. Ele segura o filme nas costas, que é legal, mas não passa disso.

    Abs!

  2. Eis o filme recordista em contra-pontos do ano.

    elogio aqui, crítica lá

    ainda não vi pelo simples fato de ñ me chamar…

    vamos ver

  3. Também não sou a maior conhecedora do universo desse filme, mas o achei extremamente bem feito. O grande destaque, na minha opinião, foi o Jackie Earle Haley. O grande problema? O roteiro, que não soube privilegiar as situações certas. Quiseram falar sobre tudo ao mesmo tempo e o resultado é um filme longo demais…

  4. Eu acho que “Watchmen” é um filme tão descompromissado que só serve mesmo como passatempo – e enquanto tal o resultado é muito satisfatório.
    Abraço!

  5. Que raiva de você. Pense! O que custava ler o quadrinho antes? E os Watchmen não são super heróis. São heróis, apenas. É isso que faz a diferença. Essa história passa longe de ser só um passatempo (eu não to dizendo que você disse isso), e talvez seja preciso ler o quadrinho pra perceber a grandeza e a profundidade disso. Achei o filme excelente. Mostrou tudo o que tinha que mostrar e no tempo certo. Ainda tem a versão estendida e eu to doida pra ver. E que raiva de você! =P

  6. Credo! Esse eu não tenho coragem de encarar. Só mesmo quando chegar em DVD (e nem vou gastar grana com aluguel, vou é baixar).

  7. Também achei o filme demais! Dei a mesma nota que você, inclusive! E aquela abertura ao som de Bob Dylan é uma das coisas mais lindas que eu vejo no cinema em muito tempo!!!

    Abraço.

  8. Pena não ter dado pra eu ver no cinema. Agora é aguardar o DVD.
    =]

  9. Gostei bastante do filme, dei nota 8.0 com méritos. A trama me agradou bastante, prendendo-me do início ao fim, sem contar que o longa possui uma temática fantástica. Fiquei louco para ler a graphic novel de Alan Moore.

    Abraços Robson

  10. Li tanta rejeição à respeito do filme, que fiquei com o pé atrás. A Graphic Novel é no mínimo espetacular, pelo que eu sei o filme é a cópia da revista e não gostei desses comentários. Cinema é Cinema; Quadrinho é Quadrinhos. São linguagens beeeem distintas. Mas eu nem vi o filme ainda e como a censura foi alta eu não vi nas telonas, vou ver em DVD, óbvio. Abraço!

  11. Tenho o HQ do Watchmen a um bom tempo e posso dizer q sou um fã desse universo…

    a adaptação ficou bem fiel e as alterações que foram necessárias não atrapalharam em nada. o filme é muito bom, mas acho que era meio dificil ser tão bom quanto o HQ

    mas valeu muito a pena assistir no cinema.

  12. Watchmen permite inúmeras e inúmeras revisões pois, além de ser visualmente orgasmático, possui uma densa e intricada narrativa que permite leituras diversas. Muito bom!

    Nota 8.5 [****]

  13. É um dos melhores filmes que vi nos ultimos tempos, sem exagero… Lindo de ser visto e dá um tapa muito grande na sociedade e na maneira de pensar… O problema maior do filme foi o público mesmo que pensava que era apenas mais um filme de super heróis, o que tá longe de ser…

    Abraços…

  14. Não vi este ainda, mas quem sabe no DVD ele me desperta algo. rsrs 😉

  15. Belo texto! Watchmen é tudo que vc disse que é. Um filme excelente. E eu, como um fã de quadrinhos e conhecedor da obra, não me senti ofendido, como alguns fãs, e sim realizado.

  16. […] Saldanha PORTAL CINE “Não sou profundo conhecedor dos quadrinhos do filme e, portanto, achei que esse é um filme […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: