» A Noiva Cadáver

(Nota: 9,0)
Título Original: Corpse Bride
Gênero: Animação, Comédia
Diretor(es): Tim Burton , Mike Johnson.
Roteiristas:Caroline Thompson, baseado em roteiro de John August e Pamela Pettler.
Ano de Lançamento: 2005.
Elenco: Johnny Depp, Helena Bonham Carter, Emily Watson, Tracey Ullman, Paul Whitehouse.
Duração: 76 minutos.
Trailer: Clique Aqui!

Sei que já comecei um texto falando que há muito o desenho não é mais coisa só para criança, afinal as crianças viram adultos e porque não os adultos não gostarem de desenhos? Está escrito em algum mandamento que isso é proibido? Pois bem. Acho que A Noiva Cadáver é o melhor exemplo de que isso pode e acontece. Definitivamente, não é toda criança que é capaz de assistir a um ‘desenho’ como esses. Não que ele seja monstruosamente assustador, claro que não, mas o é suficientemente pra uma criança que espera algo semelhante ao Rei Leão.

Victor (Johnny Depp – Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet) é um garoto filho de comerciantes que se vê obrigado a casar com Victoria (Emily Watson – Miss Potter), uma jovem moça que é filha de nobres falidos e que só sujeitam a filha a esse casamento para que possam ter novamente um pouco de dinheiro. Porém, Victor, atrapalhado e sem a certeza de que quer se casar sai perdido após um ensaio do casamento e fica ‘treinando’ como seria o momento do casamento, porém inesperadamente pede em casamento a mão daquela que estaria morta, Emily (Helena Bonham Carter – Harry Potter e a Ordem da Fênix) , a Noiva Cadáver.

Todos hão de convir que a história é extremamente original e isso, por si só, já sobe no conceito de um bom filme. Porém, não basta uma boa história, o roteiro tem que ser apresentável e compreensível para com o seu público e isso acontece em A Noiva Cadáver, já que mostra-se bem sensato e com poucos escorregões, dando assim consistência ao propósito da história. Num longa que não se pode falar em boas atuações, pode-se dizer que a trilha ajuda bastante na compreensão da história dos personagens, nas suas posições sociais e nos seus momentos afetivos.

A produção artística contribui e é o ponto forte do filme. Sabe-se que com a invasão da computação gráfica no mundo hollywoodiano, há muito se deixou de produzir os filmes que tem sua base toda fundamentada na técnica do Stop-Motion, porém aquele que admiro o trabalho, Tim Burton (A Fantástica Fábrica de Chocolate), resolveu presentear-nos com um desenho todo feito através de tal técnica básica e utilizando-se da computação gráfica somente para os aperfeiçoamentos necessários. Isso torna a produção do desenho bem mais real e menos fantasiosa, deixando um toque humano em todos os momentos.

A fotografia é o outro ponto forte do filme, pois nos mostra que a imagem do dito ‘mundo dos vivos’ não necessariamente deve contar com uma imagem colorida e cheia de vida como seria de se esperar. Como o lado obscuro de Tim Burton sempre deve aparecer em seus filmes, nesse ele coloca tal lado no mundo dos vivos que vive cheio de parâmetros e regras de etiqueta. Em contrapartida, no ‘mundo dos mortos’ as regras e etiquetas são deixadas de lado e as cores fortes e vibrantes chamam atenção logo de início, mostrando ser um mundo mais alegre e menos sombrio, quebrando a noção de underworld ou sub-mundo. É uma boa animação que conseguiu me convencer sem muitos esforços.

12 Respostas

  1. BURTON NUNCA ME AGRADOU MUITO, MAS TAMBEM NUNCA ME DESAGRADOU MUITO ( APENAS PLANETA DOS MACACOS SURGE COMO ERRO), MAS ESSA NOIVA CADAVER APARECE COMO DIGNA DE TODAS AS LOUVAÇOES A ESSE GRANDE DIRETOR.

    ABRAÇOS

  2. Simplesmente detesto Tim Burton!

  3. Uns dos triúnfos de “A Noiva Cadáver” está além do visual, mostrar uma história “gótica” com um pouco de humor, com os típicos toques de Tim Burton. 😉

  4. Brenno,

    Engraçado, ele sempre me agradou, só em relação ao seu filme citado que nem tenho coragem de ver.

    Cleber,

    Não vou issso tudo de mal nele, acho-o singular.

    Mayara,

    Exatamente, é aquele filme que vê-se de cara que tem o toque dele.

    Abraços!

  5. O filme é lindo e a química entre o Burton e o Depp é indiscutível até numa animação…

  6. Tim Burton em momento de inspiração. Gótico, triste, alegre…Uma pequena obra de arte. Abcs

  7. O Cara,

    Concordo contigo pelnamente, é indiscutível mesmo, falem o que falar.

    Jacques,

    Acho que pode-se considerar uma obra de arte dentro de suas aspectos, parâmetros e características. Muito bom!

    Abraços!

  8. Para mim, “A Noiva Cadáver” é um dos melhores longas de animação dos últimos anos, justamente por causa de sua originalidade e da qualidade dos aspectos estéticos.

  9. Como todos os outros de Burton, é um filme autoral original e estupendo. Adorei o senso de poesia, os contrastes, o macabro e o fundo apaixonado. Bela animação que merecia ter levado o Oscar.

    Nota 8.5 [****]

    Ciao!

  10. Adoro esse filme! Tim Burton raramente decepciona.
    Abs!

  11. Esse filme é singular , exelente como a maioria dos trabalhos de Tim Burton , e agora aguardo anciosamenta por “9” o proximo filme do cara .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: