» Cabaré

(Nota: 8,5)
Título Original: Cabaret
Gênero: Musical
Diretor(es): Bob Fosse
Roteiristas: Jay Presson Allen, baseado em musical de Joe Masteroff, peça teatral de John Van Drutten e livro de Christopher Isherwood.
Ano de Lançamento: 1972.
Elenco:Liza Minnelli, Michael York, Helmut Griem, Joel Grey, Fritz Wepper, Marisa Berenson.
Duração: 124 minutos.

Se for para entrar no mundo do musical, eu entro logo de cabeça. Estou caçando todo musical que me dizem valer a pena assistir. Inclusive quero pedir que quem tiver idéia de outros musicais e quiser me recomendar, os comentários estão aí pra isso também. Através de uma conversa pelo badalado twitter com Kamila do Cinéfila por Natureza, ela me sugeriu ver este filme que foi inteiramente glorificado pela crítica e pelo Oscar. Tendo a oportunidade de vê-lo, percebi que ele é um bom filme, todavia enxerguei certa criação de superestimo pelo longa.

No início da década de 30, Berlin estava começando a ficar tomada pela febre do nazismo do fuhër Hitler. Sally Bowles (Liza Minnelli) é uma jovem moça americana cantora de um cabaré e tem como maior sonho se tornar uma grande estrela, entre suas aventuras acaba conhecendo Brian Roberts (Michael York), por quem se apaixona. Entretanto, ambos se envolvem com Maximillian von Heune (Helmut Griem), um rico e nobre alemão.

Pra mim, o filme apresenta cenas de números de músicas, e não necessariamente segue o mesmo estilo que o musical em geral segue que é o do momento musical, que sem instrumentos os personagens cantam e a música surge. Em Cabaré, o escopo é bem dessemelhante e a música, por mais que represente um momento do personagem, é somente proporcionada como número no cabaré, protagonizada por Sally ou então pelo mestre de cerimônias interpretado magistralmente por Joel Grey. Os números são extraordinários e as músicas contagiantes.

Porém quando falo que houve uma superestimação do filme é o fato de que o roteiro não é dos melhores e os defeitos são perceptíveis, porém compreensíveis. A história não mostra uma continuidade adequada e tudo é jogado de maneira despropositada, sem qualquer ordenação o que mostra certa ‘bagunça’. As histórias paralelas aos personagens principais inclusive, às vezes, parecem mais atraentes. A melodia é sempre o momento alto do filme, além das atuações que são excelentes, sem exceções. A fotografia é conveniente e inovadora. Enfim, esse é um musical que deve ser visto, de qualquer forma, por quem gosta do gênero. Percebi que ele é idolatrado pela maioria, no entanto nem todos vêem dessa forma.

Anúncios

12 Respostas

  1. LOL. eu simplesmente adoooro esse filme, e estou doido para revelo (eu vi na casa de uma amiga minha a muito tempo), e graça a você e Kamila (do cinéfila) talvez eu o encontre para comprar!
    Bob Fosse coloca em pratos o que ele deseja ver em um filme musical, coisa que ele antecipa com “Charity, Meu Amor”, outro filme que ninguém encontra em canto nenhum. mas a forma que ele passa toda a trama eu acho genial.
    Saaly imortalizada por Liza Minelli, é perfeita, e o oscar mais que merecido;
    Uma obra de arte na minha cinsepção, não chega a ser o máximo de Bob (que eu considero ser All That Jazz), mas é o melhor de Liza, de Joel Grey.
    e a pessoa sai com “Come to cabaret, old chum. Life is a Cabareeeeeeet”para o resto da vida
    /)

  2. ATÉ QUE SUA NOTA FOI BOA, FICO FELIZ QUE VC ESTEJA SE RENDENDO CADA VEZ MAIS AO GÊNERO.

    ABRAÇOS

  3. Puxa, CABARÉ, há quanto tempo. Não gostei, mas tenho que rever. Relendo a breve sinopse que você preparou, nem me lembrava direito da trama do filme.

    Se vc gostou mesmo, recomendo ALL THAT JAZZ, do mesmo diretor, se é que vc já não viu.

  4. Luis,

    não enxerguei tanto quanto você, meu caro.

    Brenno,

    Pois éé…

    Gustavo,

    Dica anotada, em breve verei!

    Abraços!

  5. Gostei menos que você – dei nota 7 ou 7,5. Como comentei no twitter, acho muito superestimado, já vi centenas de musicais mais interessantes, ainda que esse tenha seus valores.

    Caso não tenha visto, recomendo dois que são meus preferidos: “Hair” e “Sete Noivas para Sete Irmãos”. E “Rocky Horror Picture Show” também. Ah, e “Rent – Os Boêmios”, “A Lenda dos Beijos Perdidos”, “O Caminhos do Arco-Íris” e, principalmente, “Jesus Cristo Superstar”! Digamos que eu amo musicais. hehe Tem muitos outros que deve ver, Rob, mas acho que já deixei bastante. xD

    []s!

  6. Um dos filmes nas quais eu TENHO MUITAAA VONTADE DE ASSISTIR, mas …

  7. Jeff,

    Tem seus valores mas acho que existem mais interessantes mesmo… Vou anotar essas dicas e vê assim que puder.

    Cleber,

    Pois veja, se não encontrar, é só dizer que eu mando, tem um lugar aqui em Natal que é fácil conseguir esses filmes…

    Abraços!

  8. Eu ainda não “Cabaré”, mas tenho muita vontade. Dizem que a Liza Minnelli (que tenho medo, ela me lembra peixes) arrasa. E para mim não há musical melhor do que “Chicago” (se não vi, não perca!). Mas há outros muito interessantes. “A Noviça Rebelde” eu acho encantador. E dos mais recentes também há “Rent – Os Boêmios”, como bem o Jeff sugeriu. Há também o curioso “8 Mulheres”, mas este vale mais pela reunião de grandes atrizes do cinema francês e das ótimas canções do que da trama furada.

  9. Alex,

    Se puder veja, caso não encontre me peça ou peça a Kamila que te enviaremos. Das sugestões vi Chicago e A Noviça Rebelde e os outros irei anotar, adoro cinema francês, pra falar a verdade.

    Abraços!

  10. Eis um dos musicais que tenho muita vontade de conferir. 😉

  11. Gosto muito de musicais, porém, taí um q ainda ñ assisti!
    Mas já tá na lista dos “a ver” qualquer dia!
    Abs! Diego!

  12. Como vc não colocou nada de Moulin Rouge? Crime! 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: