» Passageiros

(Nota: 6,5)
Título Original: Passengers
Gênero: Suspense
Diretor(es): Rodrigo García
Roteiristas: Ronnie Christensen.
Ano de Lançamento: 2008.
Elenco: Anne Hathaway, Patrick Wilson, Andre Braugher, Dianne Wiest, David Morse, William B. Davis, Ryan Robbins, Clea DuVall, Don Thompson, Andrew Wheeler, Chelah Horsdal, Karen Austin.
Duração: 93 minutos.

Depois que terminei de conferir Passageiros passei a me perguntar se é sempre importante você procurar ler a sinopse do filme e ainda conferir o trailer. Perguntei-me isso pelo simples motivo de que um pode ser completamente destoante do outro. Aí está o maior exemplo de que ambos nem sempre podem divulgar o filme de forma uníssona, fato pelo qual  me fez surpreender bastante ao conferir o filme. Basicamente, estava esperando um filme sobre a queda de um avião, os seus sobreviventes, o relacionamento deles e seus sumiços, como ‘anunciado’ pela sinopse do DVD, mas me enganei…

Já que aconteceu isso, resolvi contar a história sob a ótica do que eu li na sinopse do DVD, para que quem interessar-se em ler essa resenha possa ver sob os meus olhos o que aconteceu. Na referida sinopse, Claire Summers (Anne HathawayO Casamento de Rachel) é uma estudiosa e aplicada psiquiatra que é designada para iniciar tratamento com os sobreviventes da queda de um avião. Entre eles está Eric (Patrick WilsonAo Entardecer e Watchmen – O Filme) que se diz extremamente bem e que não precisa de assistência. Os demais vão às sessões, mas com o passar do tempo vão sumindo e ela não consegue compreender o porquê desse sumiço.

Isso posto, comecei vendo o filme e senti que a sensação inicial foi de muita confusão, de que nada estava muito claro e não conseguia compreender qual era o foco central do filme, se era o acidente, se era o sumiço ou se era o envolvimento entre personagens. Os mistérios também são jogados sem fazer nenhum sentido, sem que se compreenda aonde quer chegar. O cachorro misterioso e a vizinha intrometida também misteriosa tornam-se sem sentidos até que o final seja esclarecido. O que vale salientar que é algo sem sentido e sem possibilidade de que entendamos no fim. Também tiveram certos momentos em que acreditava está assistindo a uma comédia romântica do que a um filme do gênero suspense, isso ocorre em função da total perda de nexo da história com o acidente.

Defeitos a parte, o filme tem seus méritos. Poucos, mas os têm. É notório e feliz o amadurecimento que enxergamos em Anne a cada trabalho que faz, mesmo que seja o mais fraco ou o que mais exige dela. Nesse filme ela, mais uma vez, mostra talento e se encaixa de maneira perfeita ao personagem. O propósito final do filme se faz mais condizente com o que é vendido no trailer e não com o que é dito na sinopse. De um longa que você espera muita ação, você acaba por enxergar, ao término, momentos mais ‘espirituais’, por assim dizer, do que aventureiros. Acho que no fim das contas, o saldo desse filme não é tão positivo assim haja vista sua bagunça quando o quesito é divulgação. Creio, porém que se tivesse visto somente o trailer talvez tivesse tido outra visão sobre a película.

Anúncios

10 Respostas

  1. quando eu assitir esse filme, ao contrario de você, nem sabia sobre o que se tratava, era uma sessão de última hora com meus amigos, então foi o que dava para assitir.
    Realmente o filme foca muito nas relações interpessoais, e foge um pouco do tema central (se é que existe um), eu me lembro que no cinema eu tinha achado fraco, mas pelo menos assistivel na tela-quente, mas não muito bom para o curriculo de Anne.

  2. Anne Hathaway é de fato uma grande promessa, mas às vezes participa de alguns projetos que acabam ofuscando seu talento. O filme ainda não assisti, mas pela sua resenha, parece que é um pouco confuso, perdido.

  3. Olá Robson

    Só pelo fato de ter a Anne Hathaway e ser um filme de suspense eu já tenho vontade de conferir, apesar de não ser grande coisa.

    Abraço e até mais.

  4. Hahahahahahaha, eu dei 7,5! Gosto do elenco – principalmente de Patrick Wilson rsrsrs – mas acho que Anne ficou deslocada, um pouco.

    E, claro, achei o final surpreendente e chorei ;D

    Abs!

  5. Luis,

    É um tanto fraco mas não acho que tenha prejudicado o trabalho de Anne.

    Fernando,

    É bem confuso, pra falar a verdade, o propósito final é interessante mas não foi bem estabelecido. Não entendo esse filme como um ‘acidente’ na carreira de Anne.

    Altieres,

    Assista sem tantas expectativas, talvez goste mais.

    Kau,

    Me lembro bem de sua nota, mas ele me conquistou bem menos e pra mim o destaque foi Anne e não Patrick. hehehe

    Abraços!

  6. Para mim, esse flme só valeu mesmo pelo elenco, que segura as pontas de um roteiro que é muito frágil.

  7. Robson quero ver esse filme por conta de Anne Hathaway (adoro essa atriz). Mas parece que a produção não alcança as espectatívas, pelo menos às suas ;). Abraço!

  8. Realmente o filme tem um ou outro aspecto positivo, mas no geral me decepcionou bastante especialmente por ser uma obra do talentoso Rodrigo García (que já fez trabalhos excepcionais em séries de TV). Vale mais pela Anne Hathaway e o Patrick Wilson.

  9. Blé, achei péssimo o filme… No desenrolar da história eu bolei uma dezena de finais mais interessantes das que nos foi proposto… Mas, bola pra frente, rs…

  10. O final é surpreendente, e dá muito significado ao resto, e Hathaway ta um primor. Mas o filme se resume à isto. Apostam demais na força do filme, e o resto fica maçante.

    Nota 6.0 [***]

    Ciao!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: