» Top Gun – Ases Indomáveis

(Nota: 8,0)
Título Original:Top Gun
Gênero: Aventura
Diretor(es): Tony Scott.
Roteiristas: Ehud Yonay, Jim Cash, Jack Epps Jr.
Ano de Lançamento: 1986.
Elenco: Tom Cruise, Kelly McGillis, Val Kilmer, Anthony Edwards, Tom Skerritt, Michael Ironside, John Stockwell, Barry Tubb, Rick Rossovich, Tim Robbins, Clarence Gilyard Jr., Whip Hubley, James Tolkan.
Duração: 110 minutos.

Pode ter passado mil e uma vezes na Rede Globo, mas nunca tive vontade ou oportunidade de conferir. Achei que era uma exceção à regra, que quase todo mundo tinha visto, que era como não ter assistido a Lagoa Azul ou algo do tipo, porém no fim das contas descobri que muitas pessoas não viram este filme. Dele só tinha algumas raras recordações dos poucos momentos que vi. A marcante trilha sonora e o fato de ser um dos primeiros filmes em que Tom Cruise protagoniza.

Pete Mitchell (Cruise) é um jovem e inveterado piloto de caça da marinha americana. Excelente piloto, todavia ousa mais do que deveria em suas manobras e sempre pode causar mais perigo do que a profissão oferece. Sendo selecionado para o Top Gun, Maverick, seu nome de guerra, conhece Charlotte Blackwood (Kelly McGillis) e envolve-se com ela que é sua instrutora civil de aviação. Ainda tem que lidar com uma acirrada competição com o Iceman (Val Kilmer).

“Um bom piloto deve avaliar os fatos e usar o que aprendeu. Lá no céu, precisamos nos arriscar, esse é o nosso trabalho”. Essa foi uma frase dita ao jovem Maverick por seu instrutor e acho que retrata bem o filme somente no tocante a pilotagem. Entretanto, um filme que, teoricamente, se baseia na adrenalina por se tratar de aviação, de guerra e de raciocínio lógico em momentos difíceis, é o que se espera ver neste longa, pelo menos é sua idéia inicial sobre o que seria. Mas em alguns momentos, estive certo de que o filme tratava mais de outro hormônio que não a adrenalina, a testosterona. Tudo isso pela forte briga por ‘território’ e pra vem quem seria o alfa da equipe. Ainda assim, outros pontos são trabalhados e não deveriam faltar como o romance com quem, de acordo com a teoria, não deveria ter relacionamento com ‘alunos’.

O figurino e os penteados do filme são extremamente marcantes da época, creio, diga-se de passagem, que esse seja o filme que define bem como se portavam as pessoas na década de 80 em relação à moda. A famosa trilha sonora cantada por Berlin (Take My Breath Away), ganhadora do Oscar de Melhor Canção, passa a imperar na película somente após a metade dele. O que chama bastante atenção é a fotografia pelas suas tomadas nos momentos de vôo dos personagens, fantástico. Cruise não é dos melhores, mas também não atrapalha e não deixa a desejar só que não é dos seus melhores trabalhos, ainda assim pode-se se considerar o destaque.

Anúncios

11 Respostas

  1. Robson, acho esse filme bem legal. Minha mãe é doida por ele hahahahaha. O que mais adoro é a belíssima Take My Breath Away!

    Abs!

  2. Poxa, eis um clássico pop oitentista que sempre me escapou. Par falar a verdade, mal lembrava dele até vê-lo no seu blog…

  3. Sou mais um desses casos raros que nunca sentiu vontade de assistir Top Gum, mesmo tendo passado “n” vezes na sessão da tarde. Um dia, quem sabe…

  4. Cansei de ver esse filme enquanto crescia. Minha irmã mais velha era completamente apaixonada pelo Tom Cruise e nos forçava, durante as férias, a assistir aos longas dele. rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    “Top Gun” é um pequeno clássico pra mim. Gosto do romance e, principalmente, da trilha sonora!!

  5. Kau,

    A trilha é marcante demias…

    Gustavo,

    Eu também não me lmebrava mais até ver pra vender… hehehehe

    Fernando,

    Eu até que tinha vontade, mas não tive oportunidade. Não foi perda tempo…

    Kamila,

    Poxa, sua irmã é malvada hein? Os mais novos sempre sofrem, eu sei bem como é isso. hehehhe

    Abraços!

  6. Nunca tive curiosidade de ver esse filme, mesmo passando várias vezes na TV.

  7. Um dos clássicos de infância, conheci este filme através de minha mãe quando tinha uns 5, 6 anos… Gosto bastante da trilha sonora. 😉

  8. É um filme com um carisma enorme. Mas não me cativou muito, nem fiquei fascinado…

    Abraço.

  9. Vinicius,

    Normal, mas veja é um bom filme.

    Mayara,

    Nunca vi na minha infância, não ligava muito para filmes adultoss… heheheh

    Red,

    Tem um carisma sim, mas acho que é d eocnquistar mais as mulheres mesmo!

  10. Hahahahha… Hoje o filme é brega, mas já vi TOP GUN umas 100 vezes. Só que não o vejo há uns 10 anos.

    Ah, adorei o post abaixo com o video das falas.

    Abs!

  11. É beeeeem bobo e burocrático, mas até que é legal. Só acho que não envelheceu bem.

    Nota 6.0 [***]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: