» O Mensageiro

(Nota: 7,5)
Título Original: The Messenger
Gênero: Drama
Diretor(es): Oren Moverman
Roteiristas: Alessandro Camon e Oren Moverman.
Ano de Lançamento: 2009.
Elenco: Ben Foster, Jena Malone, Eamonn Walker, Woody Harrelson, Yaya DaCosta, Portia, Lisa Joyce, Steve Buscemi, Peter Francis James, Samantha Morton, Paul Diomede, Jahmir Duran-Abreau, Gaius Charles.
Duração: 105 minutos.

A temática de guerra é algo bastante recorrente na indústria cinematográfica. Assim, tentando sempre inovar, muitas são as formas de abordagem desse tema para que não caia na mesmice e assim seja contemplado com maior vigor pelo público. Portanto, esse veio dá uma renovada no tema e trata de um dos momentos mais dolorosos para os parentes dos soldados que estão na guerra. Um momento em que qualquer palavra não vai trazer conforto para alguém que acaba de perder o filho, pai, irmão, marido por causa de uma estúpida luta de países.

O capitão Tony Stone (Woody Harrelson Zumbilândia e 2012) é um experiente membro do exército americano. Seu trabalho consiste essencialmente em ser um mensageiro da morte. Ele é alcunhado a destinar-se a casas das pessoas e informar-lhes que seu parente está morto seja pela guerra do Iraque ou Afeganistão. Já o sargento Will Montgomery (Ben FosterOs Indomáveis), que foi ferido na guerra, volta aos Estados Unidos e é nomeado para trabalhar com Tony, fato que demonstra a tensão do trabalho e que ele não é igual ao veterano.

Como se pode notar a premissa do filme é totalmente atraente por tratar de um tema de extrema delicadeza sem precisar do ato grosseiro que gira em torno de uma guerra. É inevitável dizer que a emoção é fator inabalável neste filme, porque ao enxergar a dor das pessoas você acaba se envolvendo com elas e partilhando de sua dor, ainda que também veja a total imparcialidade dos protagonistas diante daquela circunstância. As diversas reações diante de tal informação é que dão maior veracidade ao longa e o torna atraente. Devo destacar que um dos maiores méritos da película está nas atuações. Desde o indicado Woody Harrelson que esta merecidamente reconhecido, ao também excelente Ben Foster que mostrou total competência artística que seu denso papel requer.

Porém, não consegui compreender a indicação do filme para Melhor Roteiro tendo em vista que acho que é aí que mora o maior problema dele. Isso porque tudo está muito bem e nós nos envolvemos bastante, contudo, com o passar do tempo é notório que aquilo cai na mesmice e a sucessão do mesmo torna-se enfadonha. Aí mora o seu maior erro, algum outro modo poderia ter funcionado para não cair na mesmice. No entanto, ainda assim é um filme para se ver e se emocionar. Sem dúvidas.

19 Respostas

  1. Uau, você gostou muito do filme não? Já eu não gostei tanto, mas Ben Foster e Woody Harrelson estão excepcionais, acho que se não tivesse o Waltz no Osca Harrelson ganhava fácil, fácil.

  2. O tema está na moda e com certeza isso ajudou na indicação.
    Ainda pretendo conferir.

    Até mais

  3. É realmente um trabalho muito bem escrito, e graças a ajuda do protagonista (Ben Foster) que a acada trabalho está melhorando muito, e ao Harrelson – temos um ótimo filme!

  4. Eu ainda não vi este, mas confesso gostar de Woody e Ben!

  5. Estou MUITO curioso agora! Já tinha ouvido elogios, mas alguns até retidos. Vou procurar para vê, porque deve valer apenas não apenas pelo Woody.

  6. Tô com muita curiosidade para assistir este filme, especialmente pelo aspecto das atuações, que você elogiou.

  7. Um filme que consegue emocionar especialmente pelo empenhado elenco.

  8. Aprecio filmes emocionantes e reflexivos. Mesmo que não sejam nota 10!

  9. mal posso esperar (o meu lento torrent :/) para conferir Woody num papel dramático. retorno p comentar 🙂

  10. Quero muito ver esse filme… Gosto do Woody Harrelson! Mas estou devagar… hehe

    Abs!

  11. A premissa me interessa mais que a de “Guerra ao Terror” rsrs. (Brincadeira, rsrs). Curiosissima!

    Beijos! 😉

  12. Ainda não vi, mas ouvi falar que é excelente!

    http://cinemaemdvd.blogspot.com

  13. Robson, acredito que você deu uma avaliação muito alta para um filme que apresenta uma ressalva tão gritante. Não me recordo de ter visto filmes de guerra com este argumento. Talvez “O Resgate do Soldado Ryan” (que até hoje não consegui terminar de assistir) consiga um pouco expressar a dor de familiares que recebem a mensagem de que seus filhos morreram em combate. E para finalizar, gosto muito do Woody Harrelson, mas a presença de Ben Foster como protagonista me afasta um pouco do filme, pois eu o considero muito exagerado e falso em cena.

  14. Achei melhor do que The Hurt Locker … pronto … falei.
    Um ótimo elenco, uma história forte e que muitas vezes não precisou ter uma grande estetica cinematografica, já que ele consegue ser verdadeiro e pleno com o espectador. e isso é com certeza um fator inquestionavel de ser um filme inesquecivel.

  15. Um filme que gostei bastante, principalmente pela força dramática do elenco como um todo… difícil não se emocionar, principalmente nas cenas em que eles avisam a família sobre a morte de um parente… contudo, concordo com você a respeito do roteiro, ficou devendo…

  16. Levando em conta quantas estrelas você deu e o seu texto em geral, sua nota numerada está errada, não? Só uma dúvida. 🙂

    Sobre o filme, gostei bastante, apesar de reconhecer que vai perdendo um pouco o fôlego. Adorei as atuações e achei o texto muito sincero.

    Nota 8,0 [****]

  17. Foi uma grande surpresa entre os filmes desse ano e certamente vai contar pontos para a carreira do Woody Harrelson. O ben Foster e a Samantha Morton também estão ótimos! Só pela missão daqueles militares de dar a notícia triste pros familiares já vale uma conferida.

  18. Também gostei do filme, mas não vejo problema algum com o roteiro inventivo e muito bem estruturado.

  19. Meldels, eu queria é comentar a crítica do DISTRITO 9. Foi mal, Robson.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: