» Toy Story 3

(Nota: 8,5)
Título Original: Toy Story 3
Gênero: Animação
Diretor(es): Lee Unkrich
Roteiristas: Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich
Ano de Lançamento: 2010.
Elenco: Tom Hanks, Tim Allen (1), Joan Cusack, Ned Beatty, Don Rickles, Michael Keaton, Wallace Shawn, John Ratzenberger, Estelle Harris.
Duração: 103 minutos.

Todo mundo tem uma animação “pra chamar de sua” quando era pequeno. Aquela animação que gerou brinquedos, toalhas, copos e tudo o mais e que sempre ficou na cabeça da criança e que quando adulta tem lembranças com carinho. O mesmo acontece com os brinquedos que são os companheiros fiéis de nós quando pequeninos, que nos fazem criar situações inimaginavelmente revolucionárias e cheias de muita aventura e de bastante alegria no final da história. E é inevitável não enxergar esses dois fatos marcantes assim que começam os primeiros minutos de Toy Story 3.

O tão querido e brincalhão Andy tinha que crescer um dia e com isso já não mais brincava com seus brinquedos, ele está com 17 anos e está prestes a ir para a faculdade. Precisando arrumar seu quarto para definir o que vai e o que fica, Andy pega seus antigos brinquedos com exceção de Woody e os prepara para levar para o sótão, porém sua mãe se confunde e os coloca no lixo. Conseguindo escapar, os brinquedos Jesse, Buzz, Sr e Sra. Cabeça de Batata e os demais vão parar numa caixa que é doada a uma creche, e Woody via junto. Porém o que eles acreditavam ser um universo de crianças brincalhonas é na verdade aquele de crianças bagunceiras e que, ainda por cima, são vítimas de brinquedos maldosos e mafiosos.

Agora é a hora dos brinquedos saberem qual o seu destino final, já que Andy não tem mais tempo nem idade para brincar com eles, infelizmente. Entendi esse momento como aquele em que nós, humanos, envelhecemos e não sabemos mais para onde ir até que nossos filhos nos colocam em asilos, é mais ou menos isso que percebi quando os brinquedos foram ‘jogados’ na creche Sunnyside. A ilusão de um lugar feliz logo se desfez e todos os brinquedos passaram a traçar metas para voltar pra Andy, custasse o que custasse. Ainda assim muito se teve que lutar para conseguir.

O fato é que a animação envolve e nos deixa vidrado na história que é comovente. É ainda questionadora porque logo nos faz perguntar onde é que estão nossos brinquedos, onde nós os ‘jogamos’ depois de usá-los tanto? É fato que muitos nem sequer sabem responder. O roteiro é bastante preciso e bem amarrado o que permite um andamento deleitoso, além de trazer um aditivo emocional bastante forte capaz, inclusive, de fazer muitas mulheres e marmanjos chorarem. Sem qualquer dúvida, a última parte desta série de filmes é linda e emociona bastante, vale a pena conferir.

P.s.: Sem contar no curta belíssimo que foi feito pela Pixar. Digno do estúdio, com direito a uma moral da história e tudo mais, mesmo que subentendida. Veja aqui.

Anúncios

12 Respostas

  1. Este filme é brilhante e encerra esta série de uma forma muito bonita. Acho que o grande segredo por trás de “Toy Story” é que a gente pode se identificar com a jornada de Andy. A gente já passou por isso, por essa fase. Adoro a maneira, portanto, como o filme fala do fim, da lealdade, do companheirismo. São lindas lições para serem deixadas aos pequeninos!

  2. Até o momento o melhor filme de 2010, é excepcional em todos os sentidos, mudar e seguir em frente são dilemas não apenas humanos, mas universais. Envelhecer junto com esses personagens foi uma experiência única, e a Pixar sabe disso ao nos entregar uma obra terna, sensível e reflexiva. O melhor da trilogia

  3. Sem dúvida, o melhor filme da trilogia! Tocante, precioso! Devo confessar que saí do cinema com os olhos marejados! Creio que todos nós nos identificamos com o Andy! Obra-prima!

  4. Brilhante! Fecha a trilogia de forma maravilhosa! E que final é aquele? Um dos mais emocionantes dos últimos anos.

    Abs!

  5. Só escuto elogios desse filme. E – com certeza – Toy foi uma dessas animações em que eu comprei tudo que podia. rs

  6. SIMPLESMENTE ÚNICO!

    Saí emocionado e contagiado pelo ritmo, roteiro e produção do filme – como pôde ser tão perfeitinho? sim, Toy Story 3 consegue ser mais criativo e mais humano que os dois primeiros, sem dúvida coloca no chinelo as chatices repetitivas de Shrek e é mais digno, prazeroso e mais legal que outras animações por aí.

    Achei muito bom mesmo a maneira como coloca a questão dos brinquedos – buscam, mais que tudo, o afeto dos humanos; querem atenção e não querem ser esquecidos jamais pelos seus donos – estes, inevitavelmente, crescem e tem que lidar com escolhas também.

    O roteiro é muito bem dosado – é mais ousado na parte de delinear detalhes da vida e motivação do urso roxo…da forma como recria os diálogos e entrosamento de Woody e cia; da maneira como toca em nós nas cenas finais de Andy despedindo-se dos brinquedos…na maneira como a ação se desenrola com o humor…nunca ri tanto e, confesso aqui, que chorei no final…me arrepiei sim…e saí apaixonado!

    Fiquei feliz mesmo! Toy Story fez parte de minha infancia, e pelo visto será definitivo pra toda vida!

    Abraços

  7. “Toy Story” é uma trilogia que a cada história, acaba identificando um pouco da infância de cada um de nós. E com o terceiro, mostra perfeitamente a questão da rejeição e da lembranças de velhos tempos. E aquele final, já virou antológica e a trilha ajuda muito para nos identificar com a emoção que o roteiro quer passar para o espectador. E o curta “Dia & Noite” também é belíssimo, com uma tecnica muito apurada e uma bela lição.

    Beijos! 😉

  8. Parece-me que este é o melhor Toy Story, pois todo mundo esta elogiando e eu não fui pq não encontro cópias legendadas em Curitiba, mas acho que vou ter que me render…

    Abraços

  9. Coisa mais linda! *-* Chorei horrores no final, foi um encerramento muito digno. Preciso assistir novamente.

    []s!

  10. Fantástico. A trilogia não poderia acabar de uma maneira melhor. Ainda penso naquele final, já verei amanhã novamente! 😀

  11. QUE PORCARIA E ISSSSSSO ISOOOOOOOOOOE UMM VEXAME TOTAL PREFIRO O ECLIPSI ISSO E CHATO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: