» Idas e Vindas do Amor

(Nota: 3,0)
Título Original: Valentine’s Day
Gênero: Comédia Romântica
Diretor(es): Garry Marshall
Roteiristas: Katherine Fugate, Abby Kohn, Marc Silverstein
Ano de Lançamento: 2010.
Elenco: Jessica Alba, Kathy Bates, Jessica Biel, Bradley Cooper, Eric Dane, Patrick Dempsey, Hector Elizondo, Jamie Foxx, Jennifer Garner.
Duração: 125 minutos.

Um grande elenco é sempre um dos maiores atrativos para um filme. Com atores e atrizes que permitem as pessoas se identificarem é bem mais fácil para que aquele longa seja um sucesso de bilheteria. Certo, mas não necessariamente pode ser um sucesso em crítica e satisfação. E acho que é exatamente isso que acontece com esse filme em que o foco central é o amor, independente de como seja e da forma como é apresentado. Nem sempre uma conta milionária e com superinvestimento é sinal de um filme perfeito, como todos sabemos. E ainda me pergunto por que tanto quis conferir este.

Este filme trata de diversas histórias num longa só. Digamos que é uma mistura da franquia “Nova York, eu te amo” e “Paris, eu te amo” com uma versão extremamente frustrada do excelente filme britânico “Simplesmente Amor”. Nem adianta eu tentar resumir a história aqui porque só vai servir pra ficar confuso, não que a história seja confusa porque se conseguissem essa façanha seria mais um absurdo cometido. Mas diga se não é possível se atrair por um filme que contem Julia Roberts (O Sorriso de Monalisa), Ashton Kutcher , Anne Hathaway (Alice no País das Maravilhas), Jennifer Garner (Pearl Harbor), Jamie Foxx

A verdade é que este filme é uma bomba. Sabe daqueles em que você espera uma coisa, não tão maravilhosa, mas ao menos agradável daquelas em que você sai dizendo que ao menos valeu a pena o ingresso. O roteiro tenta ser envolvente, e as histórias tentam ser grandes e mostrar os diversos tipos de amor, com sofrimentos marcantes e com traições inevitáveis. Porém o que podemos enxergar é um roteiro completamente falho e, pasmem, extremamente cansativo em que nada acontece e que acredita que a cara de paspalhão de Ashton Kutcher vai melhorar o ‘imelhorável’.

As melhores histórias, por sinal, são exatamente aquelas em que o tempo passa mais rápido, poucas cenas se salvam, como as de Julia Robert, porém em compensação temos que agüentar Bradley Cooper (Se Beber, Não Case!). As de Anne Hattaway poderiam até ser legais, mas acho que o filme não a ajudou, porque de tão talentosa acabou soando mais fake do que real seu personagem. Acredite se quiser, a cena que faz a gente dá uma boa e alta gargalhada é protagonizada por Queen Latifah (Chicago) e não dura mais que cinco segundos. A bem da verdade é que essa versão completamente frustrada em que a ‘alegria’ dos dias dos namorados não é tão válida quanto aparentemente parece, as histórias são fracas, os personagens babacas e as atuações definitivamente não ajudam. Se puder seguir o conselho de um amigo: não perca seu tempo com este.

13 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Portal Cine, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: Portal Cine: » Idas e Vindas do Amor http://bit.ly/cju2Mp […]

  2. Também não gostei, achei uma bobagem bem comum, com algumas histórias sem atrativo algum. A única coisa que gostei foi a dupla Ashton Kutcher/Jennifer Garner, apesar de terem como companhia uma péssima Jessica Alba.

    Abraços

  3. Ainda bem que passei longe dessa sessão… rss

  4. Realidade seja dita … Quantidade nem sempre significa qualidade …

  5. Não vou perder tempo mesmo. Só de ler a premissa e ver quem é o diretor já sinto vontade de vomitar.

  6. A história não me interessa muito, mesmo com o elenco de “estrelas”. O roteiro parece meio oco, sem envolvimento. rsrsrs. Vou deixar para uma “Temperatura Máxima” da vida… rsrs.

    Beijos! 😉

  7. De um tempopra cá esse tipo de produção (que mostra as controvérsias da vida amorosa) foi se tornando clichê e, com isso, caindo de produção em hollywood. É tanta mesmice (Eu não estou tão afim de você, simplesmente amor, etc) que acaba cansando o público. De certa forma, é um retrato do cinema americano em crise que faz de tudo pra chamar plateia.

  8. Nada funciona nessa comédia romântica que é uma verdadeira vergonha a todos os envolvidos. Péssimo!

  9. Concordo plenamente que este filme é uma BOMBA!!!!

  10. Eu gostei do segmento da Julia Roberts como um todo, incluindo o Bradley Cooper, mas no restante é fraquinho mesmo – não tão ruim assim, já que ao menos é bom para passar o tempo.

  11. Pois é. Um elenco até agradável (alguns poderiam ser dispensados, é verdade). Mas é bobo, fraco e entediante.

  12. Tb não gostei muito desse filme, fraquíssimo! Só gostei do segmento da Anne Hathaway e do Topher Grace, o mais interessante. O q dizer deJessica Alba, Patrick Dempsey e principalmente Julia Roberts (o q fazem ali?)? Kutcher é mesmo irritantemente canastrão. Ah! Naum posso esquecer de mencionar q Shirley MacLaine é completamente desperdiçada.

  13. Me falta coragem para ver esse filme (poxa vida são DUAS HORAS), já imagino exatamente o que verei.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: