» Apenas Uma Vez

(Nota: 9,5)
Título Original: Once
Gênero: Drama, Musical
Diretor(es): John Carney
Roteiristas: John Carney
Ano de Lançamento: 2006.
Elenco: Glen Hansard, Markéta Irglová, Hugh Walsh, Gerard Hendrick, Alaistair Foley, Geoff Minogue, Bill Hodnett, Danuse Ktrestova, Darren Healy, Mal Whyte, Marcella Plunkett.
Duração: 85 minutos.

Todos aqueles que curtem música sempre tiveram vontade, nem que tenha sido um pouquinho, de um dia poder aprender a tocar um instrumento. Pra mim, não há coisa mais bonita do que poder pegar um violão, flauta, violino ou qualquer que seja o instrumento, e dele poder fazer sair um som que alimente a imaginação das pessoas. Um som que as leve para um estado de satisfação com a música que emana de um simples objeto. Pois bem, essa frustração minha por não saber tocar nada só fez aumentar quando pude conferir este longa que tem como foco central a música.

Em Dublin na Irlanda, um jovem músico (Glen Hansard)  procura ganhar ‘uns trocados’ tocando nas ruas da cidade, somente com sua voz e um violão. Tocando uma de suas composições numa noite escura, uma jovem moça imigrante (Markéta Inglová) da República Tcheca é atraída pela canção e passa a conversar com ele. Ela toca piano e durante um tempo eles passam a se conhecer melhor através da música, transformando a história numa verdadeira canção de amizade e de luta, misturando com uma paixão ‘enrustida’ de ambos. Passam a levar mais a sério a música e correr atrás dos sonhos.

Sempre ouvi falar bem desse longa, porém nunca tinha tido a oportunidade de conferi-lo. No entanto assim que me foi dada tal chance, pude conferir um dos melhores filmes que vi nos últimos anos. Digo isso, porque ele vincula duas coisas que tenho verdadeira paixão, que é o cinema e a música. Seu roteiro escrito pelo também diretor John Carney, surgiu a partir das músicas que foram encomendadas por aquele ao cantor Glen Hansard que também interpreta o personagem principal. Com um acanhado orçamento de US$ 150 mil, foi crível fazer um filme no estilo documentário, porém com personagens fictícios e que nos é passada a história de vida deles regrada de músicas e conhecimentos acerca do tema.

O interessante desse roteiro é como os personagens se relacionam sem que haja necessariamente uma atração incontrolável (ela até existe mas não tão óbvio assim) da parte de ambos. Ela é apaixonada pelo seu marido que ficou na República Tcheca e ele por sua ex-namorada que foi embora pra Londres, e assim eles passam a se conhecer melhor juntamente com suas músicas, interpretando de maneira bastante própria as letras. Uma das músicas me tocaram extremamente por sua letra bastante virtuosa e motivadora, Falling Slowly foi, inclusive, a ganhadora do Oscar de Melhor Canção Original, daí você tira a grandeza da canção. Enfim, com uma câmera na mão e uma boa edição, foi possível se fazer um grande filme que trata de assuntos cotidianos mas que permitem ao espectador um envolvimento imperativo que no final nós agradecemos por conferir tamanha homenagem a simplicidade de um roteiro que por isso torna-se GRANDE.

20 Respostas

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Portal Cine, Hobitss, Hobitss, Blogueiros Cinéfilos, Portal Cine and others. Portal Cine said: » Apenas Uma Vez http://bit.ly/fsjgTA […]

  2. Belíssimo filme. Toda sua composição é bem singela, mas a mensagem que quer passar é forte. As canções são tão lindas que, mesmo que algumas sejam melancólicas, não me canso de ouvir. Apenas Uma Vez é, pra mim, o 3º melhor filme a ser lançado no Brasil em 2008. O cinema contemporâneo precisa deste filme. As pessoas precisam ver Apenas Uma Vez incontáveis vezes. O simples fato de falar do cotidiano prende mesmo o espectador. São ideias simples como essa que quero ver mais na grande tela.

  3. Filme lindo, e seu texto apaixonado só mostra como ele consegue tocar as pessoas. As canções são inesquecíveis, as atuações são excepcionais e o roteiro é absolutamente envolvente. Certamente merecia mais reconhecimento. Um filme pequeno enquanto produção, mas enorme enquanto obra artística.

    • É impressionante justamente esse poder de tocar as pessoas de forma tão singela, Mateus. Subestimado ao extremo, encanta à primeira vista.

  4. Interessante que revi este filme ontem à noite, acompanhado de minha noiva. Baita coincidência!

    Belíssimo longa-metragem. Simples, direto e muito tocante. Canções lindas que encantam logo de cara. É de filmes assim que o cinema está precisando!

  5. Eu também adoro esse filme. E não tem quem não saia do cinema querendo aprender a tocar alguma coisa nem que seja caixinha de fósforos.

  6. Ah, sim! Esse é mesmo um filmaço!

  7. “Apenas uma Vez” é um grande filme. A história fala sobre uma conexão que é rara. Uma das poucas histórias com final que não é feliz, mas que emociona por completo a gente. É impossível não controlar as lágrimas ao final.

  8. Filme amplamente cativante, as músicas são belíssimas, tenho todos em meu mp3. Muito bom!

    ps.: coloquei o “Portal Cine” em meu blogroll.
    Abs😉

  9. Uma palavra: mágico.

    Uma das melhores surpresas do cinema em anos. “Apenas uma Vez” é encantador do começo ao fim. A nossa nota ao filme é exatamente a mesma =)

    abs!

  10. Sinceridade é a palavra que melhor define esse filme. Tudo muito simples, mas sempre efetivo. Uma história que prima pela verossimilhaça e por uma trilha espetacular.

  11. Delicioso filme, com músicas maravilhosas e personagens soberbos. Quero rever em breve.

  12. Tive o prazer de assistir a Once no cinema, na tela grande e som de qualidade! *-* Foi lindo, mesmo já tendo visto anteriormente no PC. Adoro este filme, um dos grandes de seu ano, mesmo, como você disse, sendo de uma simplicidade ímpar. Prova de que um filme não precisa ter muita coisa – sentimentos já são suficientes.

    []s!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: