≈ Antes do Pôr-do-Sol ≈

de Richard Linklater (2004)

Esse filme como se pode notar é, naturalmente, a continuação de Antes do Amanhecer e tem mais uma vez como foco central o encontro de Celine (Julie Delpy) e Jesse (Ethan Hawke). Porém dessa vez os anos se passaram, ambos viveram diversas emoções e agora Jesse está em Paris para lançar seu livro que virou um sucesso e que trata justamente da história que ambos viveram quando mais jovens. Nem sempre as continuações de filmes com roteiro original não conseguem sempre ter muito êxito do que o primeiro, porém esse filme conseguiu me deixar mais fascinado ainda do que o pioneiro.

Acho que a maturidade que veio com o tempo nos atores/personagens foi suficiente pra deixar a fita mais interessante e com diálogos ainda mais inteligentes e envolventes, contudo sem aquele sonho às vezes irracional que o jovem tem de querer mudar o mundo e tudo o mais, tornando o ‘papo’ bem mais sincero. Ainda assim, não deixa de ser um belíssimo resgate aquela noite marcante que viveram há nove anos. O roteiro é mais importante ainda nesse filme, tanto que teve indicação ao Oscar na categoria de melhor roteiro adaptado em 2005, porque apesar de curto tem uma sinceridade que é extremamente exuberante. E o final é o que todos gostaríamos de ver, sem dúvidas.

Elenco: Ethan Hawke, Julie Delpy, Vernon Dobtcheff, Louise Lemoine Torres, Rodolphe Pauly.

Roteiro: Richard Linklater, Kim Krizan.

(Nota: 9,5)

5 Respostas

  1. Assisti “Antes do Amanhecer” e aé hoje não vi esta continuação… Ainda esta semana revejo o primeiro e claro, sua continuação!

    []’s

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Portal Cine, Portal Cine, Hobitss and others. Hobitss said: Bom, vou ver Bravura Indômita (1969), depois volto! #Fui https://portalcine.wordpress.com/2011/01/14/antes-do-por-do-sol/ […]

  3. Gosto do dois filmes, são longas que se completam.

    Quem sabe em 2014 não teremos a continuação da história.

    Abraço

  4. Sim, Jesse e Celine estão bem mais maduros, você vê a marca dos anos vividos neles, mas a conexão continua a mesma. A diferença é que, agora, eles podem estar prontos para viver aquele amor que se iniciou no outro filme. Adoro o final!🙂

  5. É um dos casos raros onde a continuação mantém o nível do primeiro, apesar de eu ainda preferir o primeiro, concordo que agora mais maduros o filme trata a emoção e os amores de forma mais sincera e com menos romantismo adolescente.

    Um daqueles filmes para ver, rever e começar tudo de novo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: