:: Band of Brothers ::

produzido por Tom Hanks e Steven Spielberg

Sempre ouvi falar muito bem dessa série e já pude conferir, através de outros seriados como Roma, que a HBO não é uma produtora de ‘dá ponto sem nó’. Portanto, quando decidem fazer algo, geralmente se mostra um projeto grandioso e ousado, o que proporciona para nós, espectadores, um entregue material de real qualidade que preza não só pelo envolvimento como também pelo impacto. Fazer um seriado de dez episódios somente, que trate da Segunda Grande Guerra, com um elenco enorme, não para qualquer um, as dificuldades vão além do que pegar uma câmera.

Quando mais novo, ao estudar história, sempre tive uma queda pela Segunda Guerra Mundial, achava as histórias e contextos em torno da dela algo fenomenal. Imaginar que tantos e tantos homens deram suas vidas por nós para que o mundo pudesse viver em paz sem a mão assustadora de Hitler e do nazismo sobre o mundo é algo extraordinário. Assim, ter a oportunidade de conferir na TV o que aconteceu de forma real, naquele período tenebroso do mundo, é realmente fantástico e fascinante.

O material recolhido pelos roteiristas de Band of Brothers é de uma riqueza impressionante, isso porque depoimentos dos feridos e heróis de guerra foram coletados visando maior veracidade dos fatos que ocorreram com a Companhia Easy, uma das companhias que mais sofreu baixas (leia-se: que mais teve mortos e feridos) durante todo o período de guerra. Sua trajetória vai desde o Dia D, no qual eles saltaram na Normadia, até 434 dias após o salto inicial, quando decretado o fim da Segunda Guerra com a rendição do Japão. Passaram pela Holanda, Bélgica, Áustria, França, Alemanha. A cada episódio temos um pouco do relato dos ex-combatentes acerca do que acontecerá naquele momento que está por vir.

A fotografia é bastante única e tem uma visão muito pessoal dos momentos das batalhas assim como dos momentos em que os soldados eram feridos. Aliado a isso, temos uma trilha sonora muitíssimo sensível feita pelo talentoso Michael Kamen que dá voz aos anseios e tristezas pelas quais os combatentes eram obrigados a conviver durante toda a guerra. Vidas foram perdida, ferimentos foram adquiridos e levados para o resto da vida com todos os que procuraram defender com unhas e dentes o que acreditavam ser certo.

Assim, muitos são os momentos em que é impossível conter as lágrimas, como no episódio que aparecem os campos de concentração, como no episódio em que o enfermeiro é o personagem central ou como nos episódios em que as perdas de alguns amigos são motivo de total depressão para outros. Band of Brothers é, portanto, um seriado que vai além de soldados durões que são invencíveis e que salvaram o mundo. Band of Brothers conseguem captar a alma de cada um deles através de suas expressões, através de seus anseios, através de seus medos que, acreditem, eram muitos. Principalmente para quem gosta da temática, esse seriado é obrigatório.

6 Respostas

  1. É uma produção fantásticas, que vai além das obras sobre a Segunda Guerra. As cenas de ação extremamente realistas e os dramas pessoais são os grandes trunfos desta produção.

    Merece ser assistida mais de uma vez.

    Abraço

  2. esta série é espectacular! Uma das muitas obras-primas da HBO. Só uma coisa: a série não começa no dia D, mas sim durante o treino da easy company😉

    • Opa, Luís, tudo bom? Então, talvez eu não tenha sido tão claro, mas eu quiser dizer que a trajetória da Companhia Easy vai do Dia D até 434 dias depois… na guerra! =) Mas modificarei pra ficar mais claro!

  3. Uma das coisas que eu mais me arrependo, foi de não ter assistido a esta minissérie quando ela passou na HBO…. Nunca mais tive outra chance…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: